#82

נַחֲמוּ עַמִּי יֺאמַר אֱלֹהֵיכֶם׃ נַחֲמוּ “Nachamû, nachamû ‘ammî, yi’mar ’elôhêykhem” “Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso DEUS” (Isaías 40:1) Na parte final de seu livro, Isaías (40-66) profeticamente apresenta o futuro do remanescente de Judá pós-exílio.... leia mais

#81

É impressionante notar o papel das religiões na cultura (ou talvez o contrário, dependendo da escola de pensamento a que você pertença). Por ser polissêmica, a religião pode abarcar qualquer compreensão a respeito de si mesma; e aqui defino o papel da cultura neste... leia mais

#80

“A falsificação da qual o cristianismo é culpado: não tornar explícito, de forma franca e sem reservas, o requerimento cristão.” Kierkegaard Um dos inúmeros problemas na natureza do que hoje se tornou “cristianismo” é a distinção entre a informação que se tem a... leia mais

#79

“…o que é então a Cristandade? Não é a ‘Cristandade’ a tentativa mais colossal de servir a Deus sem seguir a Jesus, como Ele ordenou…?” Kierkegaard O texto #71 conclui da seguinte maneira: precisamos desenvolver a honestidade e a coragem de dizer que o “Cristianismo”... leia mais

#78

Um anúncio de enredo interessante na Bíblia Hebraica ocorre em 2 Reis 17. Neste capítulo o narrador apresenta a queda do Reino do Norte, Israel(1), diante de Salmaneser, rei dos assírios (2 Reis 17:3-6). Em seguida, o narrador discursa a respeito das causas desta... leia mais

#77

“eis o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto?” Gênesis 22:7 A história do Akedah, do amarramento de Isaque, é uma das narrativas mais conhecidas e interpretadas da Bíblia. A história, em si mesma, pode ser atestada de diferentes maneiras nas três... leia mais

#76

“E o verbo se fez carne e habitou entre nós […]” João 1:14 Tratando de fenômenos linguísticos, uma das alegações medulares do filósofo e linguista Mikhail Bakhtin é o dialogismo. Qualquer texto é parte integrante de seu ambiente dialógico. Fundamentada nestes... leia mais

#75

Preocupados em compreender algumas ações bizarras realizadas por profetas na Bíblia Hebraica, alguns estudiosos tendem a valorizar os aspectos sociais, comunicativos e didáticos de tais ações se esquecendo de um ponto chave: o pano de fundo da aliança. Jeremias é um... leia mais

#74

Israel havia vencido duas grandes guerras: uma contra o rei Seom e outra contra Ogue. Heshbon e Basã, cidades fortificadas, com muralhas gigantescas e exércitos numerosos, ao atacarem Israel, foram destruídas (Números 21). As duas batalhas possuem diferenças... leia mais

#73

Continuando na história de Esaú e Jacó, há cinco coisas que merecem ser analisadas, de acordo com o texto de Genesis 25 e 27: 1. serviço - A palavra avad ocorre nas 3 partes da história e enfatiza o serviço de Esaú. No entanto, a mesma palavra aparece na história de... leia mais

#72

Em Gênesis 25:22-23 um enredo, já nos primeiros momentos, é esboçado: no ventre da mãe –Rebeca– dois fetos em formação lutam (o verbo utilizado significa “esmagar”). Rebeca então reclama e consulta ao ETERNO para tentar entender o que poderia estar havendo. Ela recebe... leia mais

#71

“Cristianismo simplesmente não existe.” Søren Kierkegaard E quem seria capaz de contestar esta afirmação de Kierkegaard? Há, de fato, um Cristianismo que não existe. Mas antes de afirmar a não-existência de um Cristianismo aparentemente existente, faz-se necessário... leia mais

#70

Na Bíblia nos deparamos com várias situações em que o poder/posição de DEUS tenta ser usurpado. Isto é evidente, por exemplo em Daniel 1, quando Nabucodonosor se porta como o deus da Babilônia, determinando sobre a vida de todos. Outro exemplo desta tentativa de tomar... leia mais

#69

No terceiro dia do relato criativo, na primeira das duas ações divinas efetuadas nele, a Bíblia Hebraica diz assim (Gênesis 1:9-10): וַיֹּ֣אמֶר אֱלֹהִ֗ים יִקָּו֨וּ הַמַּ֜יִם מִתַּ֤חַת הַשָּׁמַ֨יִם֙ אֶל־מָק֣וֹם אֶחָ֔ד וְתֵֽרָאֶ֖ה הַיַּבָּשָׁ֑ה וַֽיְהִי־כֵֽן: וַיִּקְרָ֨א אֱלֹהִ֤ים... leia mais

#68

O. Palmer Robertson afirma (em The Christ of the Prophets, 2008, página 53.): “O chamado divino dos profetas indica que eles eram agentes religiosos independentes. Eles deviam a origem e continuidade do seu ofício a nenhum outro, senão DEUS. Nem o rei, nem o... leia mais

#67

Há uma espécie de consenso de que o Salmo 1 e o Salmo 2 foram colocados como uma introdução ao saltério. Alguns afirmam ser um mesmo salmo, inclusive. A ligação entre eles realmente é clara: a) O verbo murmurar (הגה – hagah) que aparece em Salmos 1:2 para... leia mais

#66

Ainda tratando da linguagem bíblica, nota-se que cada vez mais se tem priorizado uma linguagem de distinção e rigor no ambiente religioso. As palavras são usadas de maneira impessoal para mera informação e definição, afastando cada vez mais a todos do teor pessoal do... leia mais

#65

“O que é DEUS para um não-crente que não acredita em nada?” “No Church in the Wild”, Jay-Z/Kanye West Vivemos aproximadamente dois mil anos após o último ponto final do Novo Testamento ter sido dado. Desde então, a história do cristianismo se desenvolveu de uma... leia mais

#64

Quando se fala de Abraão, geralmente começamos a lidar com sua história a partir de Gênesis 12. A narrativa, entretanto, começa antes, já em Gênesis 11:26-27. Primeiro (verso 26) o então Abrão é inserido na genealogia de Sem (11:10-26) para, logo em seguida,... leia mais

#63

O fim de ano parece sempre ser igual. Cansaço, família, festa, comida, presentes e um recorrente roteiro de clichês (“feliz natal”; “que Jesus nasça na sua vida”; “que seu coração seja uma manjedoura”; etc). Estas expressões, por não... leia mais

#62

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Levítico 19:18 Na literatura sapiencial do Antigo Oriente Médio a discussão de questões éticas era recorrente e seu foco geralmente o dia-a-dia do ser humano e seu relacionamento com os outros. A ética, no entanto, não... leia mais

#61

No livro de Jeremias, logo após uma sequência de profecias contra a casa real de Judá (Jeremias 22), nos deparamos com um oráculo de julgamento sobre os líderes de Israel. Nos quatro primeiros versículos do capítulo 23, lemos: “Ai dos pastores que destroem e dispersam... leia mais

#60

Gênesis 4 já foi assunto aqui (texto #44), mas voltar a ele se torna mais uma vez necessário. Algumas nuances precisam ser mais bem exploradas. Cain, o personagem principal, mata seu irmão, Abel. pelo simples motivo deste ter sua adoração (sacrifício) reconhecido por... leia mais

#59

A segunda metade do Salmo 1 continua desenvolvendo a oposição que se iniciou no primeiro verso do poema. Agora, no verso 4, O salmista vai descrever os perversos. Curioso que esses perversos, no plural mesmo, aparecem indefinidos no verso 1, mas agora, no verso 4,... leia mais

#58

O Salmo 1 é breve e conciso. Construído de maneira bem peculiar sobre uma estrutura de oposição. No início do poema o salmista introduz o homem feliz pelo que ele não é. Esta descrição em torno da negação é feita em três linhas seguidas, cheias de movimento. O... leia mais

#57

Números 6:22-27 parece estabelecer uma relação interessante com Levítico 9:23-24. Isso porque em Levítico 9 é dito que Moisés e Arão saíram do Santuário e abençoaram o povo e em Números 6:22-27 está a benção que eles deveriam dar. Aliás, esta função de dar benção ao... leia mais

#56

“…derramarei o meu Espírito sobre toda a carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão…” Joel 2:28 Nietzsche declarou: “DEUS está morto.” E Nietzsche tinha razão. O problema é que a superficialidade de nossa prática e pensamento religioso nos faz reagir... leia mais

#55

Em Jeremias 27:2, próximo à invasão Babilônica de Jerusalém, DEUS faz um pedido ao profeta: “Faze correias e canzis e põe-nos ao pescoço.” Jeremias deveria fazer uma espécie de jugo de animal (motah – מוֹטָה) e usá-lo sobre seu próprio pescoço como uma ação... leia mais

#54

Durante muito tempo, principalmente no período da minha adolescência, fui constantemente abatido por questões que, mesmo na fase adulta, me perseguiram e tiraram o meu sono. Dentre elas, a que mais me incomodava, dizia respeito à onisciência de DEUS. Digo isto, porque... leia mais

#53

Em Deuteronômio 17:18, dentro de uma seção que trata sobre os deveres de um rei, lemos: “Também, quando se assentar no trono do seu reino, escreverá para si uma cópia desta lei num livro […]”. A expressão מִשְׁנֵ֨ה הַתּוֹרָ֤ה הַזֹּאת֙, traduzida aqui como “cópia... leia mais